Search
Search

Toda picada tem seu fim

Um vereador com milhares de sóis na cacunda da atividade parlamentar tentou a sorte mais uma vez no pleito do ano passado. Ciente que não era fácil a reeleição, disparou até cartas manuscritas para amigos do Interior, mas com título na cidade.

Ao longo dos anos, ele sempre passou chispando no vestibular da urna. Mas desta vez não deu. E não deu mesmo, tipo ficar na oitava suplência.

Passado algum tempo, reencontrou um amigo que morava em cidade do Litoral há décadas, amigo a quem ele escreveu uma carta pedindo seu voto. Sem saber do desastre eleitoral do chapa, tão logo o demorado abraço foi desfeito foi aos finalmentes.

– Como é, conseguiste te reeleger?

Encabulado, tartamudeou algumas palavras não muito audíveis, mas que significavam “não”, em suma. O fiel eleitor, homem de rígidos princípios morais e do tempo do fio do bigode, botou uma mão em concha no ouvido.

– Como é que é? Não entendi.

Desta vez o “não” veio alto e claro como leiloeiro dizendo “dou-lhe três!”.

– Quantos votos?

– Bom, né, foram…mil e uns quebrados. Mas foram votos honestos.

– Quantos quebrados?

– Três.

Ao ouvir a infausta contabilidade, o litorâneo baixou a cabeça em forma de desolação. Os olhos ficaram ligeiramente úmidos. Porém, os leves traços de futuras lágrimas se evaporaram antes de dizer a que vieram.

Levantou a cabeça, botou as mãos nos ombros do candidato, e o que saiu não foram palavras de consolo e solidariedade.

– Então tu me faz viajar de Cidreira para votar aqui e só fazes mil votos? Mas é o fim da picada.

– Mil e três.

Foi mesmo o fim da picada. Para os dois.

Fernando Albrecht

Fernando Albrecht é jornalista e atua como editor da página 3 do Jornal do Comércio. Foi comentarista do Jornal Gente, da Rádio Band, editor da página 3 da Zero Hora, repórter policial, editor de economia, editor de Nacional, pauteiro, produtor do primeiro programa de agropecuária da televisão brasileira, o Campo e Lavoura, e do pioneiro no Sul de programa sobre o mercado acionário, o Pregão, na TV Gaúcha, além de incursões na área executiva e publicitário.

Deixe sua opinião

Publicidade

Publicidade

espaço livre