Search
Search

Pisada no tomate

O alegretense Luiz Carlos Félix escreve no seu blog sobre a raça bovina Wagyú – já notaram como um “Y” confere nobreza e um certo mistério a uma palavra? – e variações como o boi Kobe, da cidade japonesa do mesmo nome. Tem algumas lendas sobre cerveja na ração, foi mas não é mais ou é apenas uma parte da ração. Félix fala numa invenção brasileira, o boimate, bovino alimentado com a erva-mate. Se a moda pega, o preço do quilo vai às nuvens.

Mas o boimate não é expressão nova, é dos anos 1980 e tinha outro sentido. O 1º de abril europeu, não é no mesmo dia que o nosso. Pois uma publicação europeia pespegou uma pegadinha legal, dizendo que cientistas tinham desenvolvido um tomate com proteína animal, uma revolução alimentícia se fosse verdade.

Quem entrou nessa foi a Veja, que não apenas editou a notícia como se verdadeira fosse, como também a ilustrou, mostrando a figura de um boi seguido do tomate da seguinte forma:  boi + tomate = boimate. A bem da verdade, muita gente acreditou, mesmo depois, quando se deram conta de que era primeiro de abril.

Fernando Albrecht

Fernando Albrecht é jornalista e atua como editor da página 3 do Jornal do Comércio. Foi comentarista do Jornal Gente, da Rádio Band, editor da página 3 da Zero Hora, repórter policial, editor de economia, editor de Nacional, pauteiro, produtor do primeiro programa de agropecuária da televisão brasileira, o Campo e Lavoura, e do pioneiro no Sul de programa sobre o mercado acionário, o Pregão, na TV Gaúcha, além de incursões na área executiva e publicitário.

Deixe sua opinião

Publicidade

Publicidade

espaço livre