Search
Search

Alexa sabe tudo

É assistente virtual, uma das melhores invenções dos tempos modernos. E subutilizada. Ela responde ou reproduz uma infinidade de assuntos. Entre eles, o barulho da chuva.

Imagem: CanvaPró

Qualquer coisa que se peça, incluindo horários dos voos e dos ônibus. Quando ela não sabe, que é pouca coisa, diz “Não tenho essa informação”. Foi o caso de uma pergunta feita “Alexa, casa comigo?”. Educada, a moça.

Devagar se vai ao longe…

…ou não se sai do lugar. Há um sentimento de impotência e cansaço no ar, pela dificuldade de Porto Alegre em se ver livre do entulho e outros equipamentos descartados por moradores que tiveram suas casas e apartamentos alagados.

Depois de toda a estrada que percorri, já vi – por assim dizer – esse sentimento antes, quase palpável no ar. É um ciclo que se repete nas tragédias coletivas, que sucede a euforia pela possibilidade da volta ao normal.

Covid longa

Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), entre 10% e 20% das pessoas que tiveram infecção pelo coronavírus desenvolveram alguma complicação prolongada da doença — também conhecida como “Covid longa”. Tenho exemplo na família. O ponto em comum é a sensação de cansaço que não acaba nunca.

https://lp.banrisul.com.br/bdg/link/reconstruir-rs.html?utm_source=fernando_albrecht&utm_medium=patrocinio&utm_campaign=conta_pj_reconstruir&utm_term=visibilidade&utm_content=escala_600x90px

Meninos, eu vi

Perguntam-me se eu, ao longo dos 81 anos, já vivi tempos iguais ou piores. Em termos absolutos, não. Mas não é assim que funciona esta comparação.

Nos anos 1950, o mundo vivia em medo permanente devido à Guerra Fria entre EUA e União Soviética encabeçada pela Rússia. Havia a ameaça de uma guerra nuclear, que liquidaria a civilização tal como a conhecemos.

Era pior na Europa, porque estava na boca da caçapa e, se não fosse destruída pelas bombas atômica e de hidrogênio, seria inundada pela radiação. E esta não tem escape.

A chuva ou a estiagem acabam em um determinado momento. Entretanto, a radioatividade permanece por, pelo menos, 30 mil anos.  

https://cnabrasil.org.br/senar

Já notaram que, nos últimos 100 anos, os russos vivem aprontando? Quando não é  comunismo é a liquidação da Ucrânia.

E, agora, a aliança com a Coreia do Norte, que fornece mísseis e drones para o exército russo. Quando você entra numa briga, tem que saber como terminá-la. Putin não sabe.

Como as comunicações eram escassas e ainda não havia TV por satélite, o grosso da população brasileira não tinha a mínima ideia do perigo mortal. Quando adolescente e leitor voraz de livros e jornais sobre o assunto, senti que, nestas horas, era melhor ser analfabeto.

Melhorou, mas…

Este desânimo é comprovado por uma pesquisa da Federação das Indústrias do RS (Fiergs). O Índice de Confiança do Empresário Industrial gaúcho de junho subiu 2,5 pontos, para 46,9, recuperando parte da queda intensa de 6,1 registrada em maio. Apesar da alta, o ICEI-RS permanece abaixo dos 50 pontos, revelando que a ausência de otimismo continua entre os empresários neste mês.

“Mesmo com essa leve melhora, os resultados mostram que o cenário econômico brasileiro e, em particular, as condições da economia e das empresas gaúchas, continuam a se deteriorar, com a persistência de níveis elevados de incerteza no plano nacional e, regionalmente, pelos impactos das enchentes do mês passado”, afirma o presidente da FIERGS, Gilberto Porcello Petry. Ele revelou que o setor industrial do RS não percebe melhora no curto prazo,  

Em todo caso…

Não dá para se deixar levar pelo desânimo permanente, seja pessoa física ou jurídica. Como diz a gauchada do interior, “se a bala vier por cima se abaixemo, se vier por baixo se agachemo e se vier pelo meio, bueno, então se caguemo”.

Sebrae RS

Sebrae RS subsidiará até 100% da contratação de seis consultorias da plataforma Unio, essenciais para reestruturar empresas atingidas pelos alagamentos. A decisão foi baseada em pesquisa minuciosa realizada para entender o impacto real nas áreas afetadas. Para obter o subsídio de até 100% acesse a plataforma https://sebrae.rs/supera_unio.

Recursos do BRDE

Entidades com projetos nas áreas cultural, social, esportiva e de saúde já podem se inscrever para a captação de recursos por meio de incentivos fiscais do Banco Regional de Desenvolvimento do Extremo Sul (BRDE). Uma das mudanças para este ano é o tratamento prioritário que será reservado na tramitação dos projetos do Rio Grande do Sul por conta da enchente. As inscrições vão até o dia 31 de agosto. Para se inscrever: (https://incentivosfiscais.brde.com.br/login.asp)

Fernando Albrecht

Fernando Albrecht é jornalista e atua como editor da página 3 do Jornal do Comércio. Foi comentarista do Jornal Gente, da Rádio Band, editor da página 3 da Zero Hora, repórter policial, editor de economia, editor de Nacional, pauteiro, produtor do primeiro programa de agropecuária da televisão brasileira, o Campo e Lavoura, e do pioneiro no Sul de programa sobre o mercado acionário, o Pregão, na TV Gaúcha, além de incursões na área executiva e publicitário.

Deixe sua opinião

Publicidade

Publicidade

espaço livre