Search
Search

Tudo custava cinco

No final dos anos 1990, tudo custava R$ 5,00 em Porto Alegre. Os bufês de comida a quilo, lanches mais caprichados e outros que tais. Os restaurantes médios cobravam R$ 10,00. Com o passar dos anos, em meados dos anos 2000, os cinco viraram R$ 10,00 e os dez viraram R$ 20,00. Hoje, você vai em um restaurante médio e tudo é R$ 50,00.

Os bufês baratinhos passaram de R$ 8,00 para R$ 10,00 ou R$ 12,00. Hoje, o baratinho virou R$ 15,00, sem refri. O pessoal passou a cortar a bebida no almoço. Mas se você pedir refrigerante, a conta vai a cerca de R$ 20,00. Os de R$ 20,00 pularam para R$ 28/30,00.

Fernando Albrecht

Fernando Albrecht é jornalista e atua como editor da página 3 do Jornal do Comércio. Foi comentarista do Jornal Gente, da Rádio Band, editor da página 3 da Zero Hora, repórter policial, editor de economia, editor de Nacional, pauteiro, produtor do primeiro programa de agropecuária da televisão brasileira, o Campo e Lavoura, e do pioneiro no Sul de programa sobre o mercado acionário, o Pregão, na TV Gaúcha, além de incursões na área executiva e publicitário.

Deixe sua opinião

Publicidade

Publicidade

espaço livre