Search
Search

Torque baixo

Hosana ao dólar nas alturas, parafraseando a liturgia católica. Repetindo o que já escrevi, a tempestade está cada vez mais perfeita. A pá de cal será, ou seria, o BC americano aumentar os juros, a Selic deles. Então a coisa complica em escala mundial. Talvez por isso o Fed venha procrastinando esta decisão. Apesar da economia robusta, a inflação nos Estados Unidos é baixa. Quando subir, não tenham dúvida, o Copom deles baixa a lenha.

A combinação de falta de torque para retomar o crescimento econômico, a escalada do dólar e mais o aumento dos impostos de forma aberta ou disfarçada – você não consegue disfarçar números – resultarão em menos consumo e mais inflação, que diminui o poder aquisitivo da população, que gera mais crise, que diminui ainda mais o torque da economia. Estamos como um motorzinho 1.0 sem chance de receber um turbo para melhorar o desempenho.

  Triste assim.

Fernando Albrecht

Fernando Albrecht é jornalista e atua como editor da página 3 do Jornal do Comércio. Foi comentarista do Jornal Gente, da Rádio Band, editor da página 3 da Zero Hora, repórter policial, editor de economia, editor de Nacional, pauteiro, produtor do primeiro programa de agropecuária da televisão brasileira, o Campo e Lavoura, e do pioneiro no Sul de programa sobre o mercado acionário, o Pregão, na TV Gaúcha, além de incursões na área executiva e publicitário.

Deixe sua opinião

Publicidade

Publicidade

espaço livre