Search
Search

O poema da dor

Uma ex-aeromoça da Varig, Angel Nunes, fez um poema sobre a triste situação dos sobreviventes do Aerus – eram 8,8 mil mas 1,2 mil já morreram. Aborda o drama de um ângulo diferente. Mesmo que um dia paguem, o mal já estará feito porque:

Nunca trará de volta os sonhos que perdi.
Os anos que envelheci.
As lágrimas que chorei.
As noites que não dormi.
A casa que não comprei.
O conforto que não usufrui.
A paz que me deixou.
A preocupação, a ansiedade, a depressão, por medo do mês seguinte.

As doenças somáticas que adquiri.
A suspensão de todo e qualquer lazer.
E tudo que não pude dar aos meus filhos.

Fernando Albrecht

Fernando Albrecht é jornalista e atua como editor da página 3 do Jornal do Comércio. Foi comentarista do Jornal Gente, da Rádio Band, editor da página 3 da Zero Hora, repórter policial, editor de economia, editor de Nacional, pauteiro, produtor do primeiro programa de agropecuária da televisão brasileira, o Campo e Lavoura, e do pioneiro no Sul de programa sobre o mercado acionário, o Pregão, na TV Gaúcha, além de incursões na área executiva e publicitário.

Deixe sua opinião

Publicidade

Publicidade

espaço livre