Search
Search

O mistério do pão da praia 

Quem me lê sabe que estou sempre procurando o pastel perfeito. Busca que, provavelmente, não chegará ao fim.

Pastel perfeito tem de ter muito recheio com um bom tempero. Foto: CanvaPró

Enquanto isso, vou descobrindo os “quase perfeitos”. E dois deles ficam em Tramandaí, meu refúgio por oito dias enquanto as torneiras do meu prédio em Porto Alegre não voltassem a jorrar água.

Um deles fica defronte à Rua da Igreja, e dei nota 9,8. Pouco abaixo, na mesma Rua, há a lancheria e padaria (e confeitaria) Monte Carlo, outra nota 9,8. 

O segredo é a qualidade da carne e o tempero. Não dou 10 porque sempre pode aparecer o meu pastel perfeito. E aqui resgato uma antiga curiosidade sobre o pão da praia.  

Cesta de pão francês recém saído do forno. Foto: CanvaPró

Desde a décadas de 1950, os veranistas se perguntavam porque o pão d’água vendido na praia é mais saboroso que o de Porto Alegre. Levei anos para matar a charada. 

O pão da cidade levava farinha de mandioca. Isso ajudava a baixar o custo e aumentar o lucro.

Entretanto, no Litoral a maresia azeda a farinha de mandioca. Então as padarias eram obrigadas a usar semolina pura. Daí a diferença no sabor.

Voltando ao pastel, fato é que são deliciosos, ambos. Arranchei na Monte Carlo por ficar perto do meu prédio, e o usava para escrever para o blog e minha página 3 no Jornal do Comércio. Tarefa complicada porque digito no celular. São em torno de 30 notas diferentes. Então, mato dois leões por dia.

Fernando Albrecht

Fernando Albrecht é jornalista e atua como editor da página 3 do Jornal do Comércio. Foi comentarista do Jornal Gente, da Rádio Band, editor da página 3 da Zero Hora, repórter policial, editor de economia, editor de Nacional, pauteiro, produtor do primeiro programa de agropecuária da televisão brasileira, o Campo e Lavoura, e do pioneiro no Sul de programa sobre o mercado acionário, o Pregão, na TV Gaúcha, além de incursões na área executiva e publicitário.

Deixe sua opinião

Publicidade

Publicidade

espaço livre