Search
Search

Fabulinha – O Macaco e o Elefante

 O Macaco estava refestelado no seu galho juntado algum ânimo para pegar o expresso cipó quando avistou o Elefante. Oba, pensou o símio, vou pegar uma carona com esse otário. Assim que a carona passou embaixo dele, jogou-se no dorso no trombudo.

  No início o Elefante nem notou, mas em seguida o Macaco deitado de bruços gritou zombarias em alto e bom som. Sacudiu-se todo para desalojar o Macaco, mas o zombeteiro era especialista em equilíbrio ventral. E gritava:

  – Otário, vê se não te atrasa. Estou com pressa, anda!

 O grande animal então bolou a reintegração de posse. Quando passou por uma árvore com um grosso galho na horizontal, o Elefante ergueu seu corpanzil e prensou o Macaco contra ele. Virou gelatina de morango.

  Moral da história: quando estiver no topo, cuidado com os que estão por baixo. Eles podem te atingir pelas costas.

Fernando Albrecht

Fernando Albrecht é jornalista e atua como editor da página 3 do Jornal do Comércio. Foi comentarista do Jornal Gente, da Rádio Band, editor da página 3 da Zero Hora, repórter policial, editor de economia, editor de Nacional, pauteiro, produtor do primeiro programa de agropecuária da televisão brasileira, o Campo e Lavoura, e do pioneiro no Sul de programa sobre o mercado acionário, o Pregão, na TV Gaúcha, além de incursões na área executiva e publicitário.

Deixe sua opinião

Publicidade

Publicidade

espaço livre