Search
Search

Eu e minha farmácia

Como todos sabem, estou de molho por conta de uma infecção urinária que me levou ao hospital por quatro dias. Já em casa, e melhorando dia após dia, estou pegando leve – menos na alimentação.

Deve ser uma das poucas doenças ou episódios infecciosos que tem dieta livre mesmo no hospital. E depois de alguns dias, estou como uma fome cavalar.

https://www.veloe.com.br/banrisul?utm_source=fernando_albrecht&utm_medium=p_blog&utm_campaign=tag_banrisul&utm_content=escala_600x90px

Além dos medicamentos, resolvi beber suco de cranberry, que ajuda em processos infecciosos do aparelho urinário. Devo ressaltar que, de uns dias para cá, me acossaram desejos de comidas e bebida que não faziam parte da minha dieta.

Desejos sem gravidez

Estou comendo bastante banana orgânica, por exemplo, que ainda tem a vantagem de ser mais saborosa. Suco de uva integral e sem açúcar poderia beber aos hectolitros.

Mas sou exigente, tem que ser de boa marca e não dessas que botam uma mistureba adocicada onde a uva só passou pela frente sem entrar. Também pedi para meu filho comprar melão espanhol, o que gosto muito.

https://cnabrasil.org.br/senar

A nossa safra de abacaxi está terminando. Mas esse eu comia todo dia porque desintoxica.

Finalmente, passei a gostar de queijo minas frescal. Logo eu que gosto de queijos fortes e cremosos, especialmente franceses. Enfim, a vida é como safra, ela vem e vai.

As águas vão rolar

De acordo com serviço de meteorologia Argentina, vem chuva pra mais de metro dentro de alguns dias. Como o RS faz fronteira, vem para cá com certeza.

www.brde.com.br

A meteorologia dos Hermanos é mais precisa que a nossa por algum motivo. Como todos sabem, nos últimos tempos, praticamente todos os nossos institutos falharam miseravelmente, servindo até como motivo de piada para o povão.

Visão vertical, a falta

Nos últimos anos, tenho notado que a turma do tempo se ampara tanto nos modelos matemáticos para fazer previsões que esquecem de “olhar para o céu”. Isso no sentido de interpretar sinais de chuva ou sua falta como os antigos faziam.

Pior, tem modelo americano, europeu e não sei quantos mais. De maneira que, se a previsão falhar, sempre pode culpar os modelos.

O trigo e a farinha

O Supremo está decidindo qual a quantidade máxima que usuários de drogas podem carregar, alegando justamente esta condição de dependentes. Ora, para os traficantes tanto faz quanto fez. 

Eles sempre carregarão essa quantidade. E, caso o usuário queira mais, é só buscar no “depósito”. Esse pode ser uma simples caixinha escondida em algum buraco de prédio qualquer. Em matéria de dar curva na polícia o tráfico é como aquele ditado, enquanto o cara leva o trigo eles já estão voltando com a farinha.

A maior poluidora do planeta

Não, não quem você está pensando. O posto é ocupado pela indústria têxtil. Tecidos levam milhares de anos para se decompor e se tiver fio sintético muda para centenas de milhares de anos. 

Esse é o lado ruim da petroquímica e seus derivados. Na União Europeia, cada pessoa joga fora 12 quilos de roupas por ano. No Brasil não existem dados confiáveis, para variar.

Recicla

Os europeus estão em campanha para que se recicle as roupas. Isso se chama sustentabilidade consciente, não é reclamar da poluição e do governo que não faz nada. 

Já foi diferente no passado. Eu mesmo recordo que se usava roupas dos irmãos mais velhos, até porque roupa é cara.

Em todo mundo, fabricantes de tênis – todo mundo menos os asiáticos – estão reutilizando tênis jogados fora. Esse é o grande desafio da humanidade, não só o petróleo e seus derivados.

Ilustre ausência

Leio que a primeira dama Janja vai participar de evento nos Estados Unidos. E quem vai atender o telefone do Lula?

Fernando Albrecht

Fernando Albrecht é jornalista e atua como editor da página 3 do Jornal do Comércio. Foi comentarista do Jornal Gente, da Rádio Band, editor da página 3 da Zero Hora, repórter policial, editor de economia, editor de Nacional, pauteiro, produtor do primeiro programa de agropecuária da televisão brasileira, o Campo e Lavoura, e do pioneiro no Sul de programa sobre o mercado acionário, o Pregão, na TV Gaúcha, além de incursões na área executiva e publicitário.

Deixe sua opinião

Publicidade

Publicidade

espaço livre