Search
Search

Cortesia alemã 

O jornalista Antônio Goulart tem um bom acervo de causos envolvendo políticos e governantes. Um deles é sobre uma viagem oficial que o governador Amaral de Souza fez à Alemanha no início dos anos 80.

Ao agradecer, em uma cerimônia solene, a hospitalidade do país amigo, disse uma frase que julgava ser da mais alta cortesia.

 – Acreditem, meus amigos, a Alemanha sempre foi muito cara para o Brasil, especialmente para o meu Estado, o Rio Grande do Sul.

O intérprete, porém, foi infeliz e deu à palavra “cara” a conotação de custo. Os anfitriões trocaram olhares de desconforto, enquanto do lado dos brasileiros a gafe não chegou a ser notada.

  No dia seguinte, todos os participantes da missão se surpreenderam ao verificar, antes da despedida, que as despesas do hotel estavam integralmente pagas pelo governo alemão.

Fernando Albrecht

Fernando Albrecht é jornalista e atua como editor da página 3 do Jornal do Comércio. Foi comentarista do Jornal Gente, da Rádio Band, editor da página 3 da Zero Hora, repórter policial, editor de economia, editor de Nacional, pauteiro, produtor do primeiro programa de agropecuária da televisão brasileira, o Campo e Lavoura, e do pioneiro no Sul de programa sobre o mercado acionário, o Pregão, na TV Gaúcha, além de incursões na área executiva e publicitário.

Deixe sua opinião

Publicidade

Publicidade

espaço livre