Search
Search

As voltas que o mundo dá

A vida tem divisórias e hoje eu cruzei uma delas. Por 12 ou 13 anos fiz parte da equipe de comentaristas do Jornal Gente da Rádio Bandeirantes RS, programa que é o carro-chefe da empresa, pelo menos institucionalmente falando. O convite partiu do falecido diretor Bira Valdez. Eu deveria entrar por telefone, mas aos poucos – sabem o “só um pouquinho?” o Bira me intimou a ser titular diário. O salário era bom.

Os tempos passaram e a Band mudou. A Rede Bandeirantes começou a enfrentar dificuldades nacional e regionalmente, houve demissões e mais demissões, que ainda não tiveram fim. Como e por que a Band desceu a ladeira eu contarei depois que a poeira baixar.

Depois do programa de hoje, o diretor Renato Martins me disse sem rodeios que eu estava demitido. Agora, nada de se despedir dos ouvintes no programa de hoje. Pagamento até dia 9, ontem. Adeus, boa sorte, sabes das dificuldades da Band, lamento muito, as perfumarias de praxe. Sim, eu sei que a empresa está com problemas graves, já vinha mal na parada há tempos, tem que demitir mais no Brasil todo.

Então eu bailei na curva. É do jogo. Sem snif! Agora, o modo como fui demitido…

Fernando Albrecht

Fernando Albrecht é jornalista e atua como editor da página 3 do Jornal do Comércio. Foi comentarista do Jornal Gente, da Rádio Band, editor da página 3 da Zero Hora, repórter policial, editor de economia, editor de Nacional, pauteiro, produtor do primeiro programa de agropecuária da televisão brasileira, o Campo e Lavoura, e do pioneiro no Sul de programa sobre o mercado acionário, o Pregão, na TV Gaúcha, além de incursões na área executiva e publicitário.

Deixe sua opinião

Publicidade

Publicidade

espaço livre