Search
Search

A roda não gira

Já foi mais interessante ler jornal neste país. De alguns anos para cá, parece o Bolero de Ravel, uma peça erudita que repete a mesma estrofe musical por uma eternidade.

https://lp.banrisul.com.br/bdg/link/video-anuncio.html?utm_source=fernando_albrecht&utm_medium=p_blog&utm_campaign=camp_manifesto_2024&utm_content=escala_600x90px

Tem quem goste, assim como tem quem goste de pizza de estrogonofe. Fazer o quê, eu não fiz o mundo, só vivo nele. Não tinha esse noticiário samba de uma nota só.

A dor espichada

O que salva os rapazes e moças da mídia é quando aparece uma tragédia, de preferência local. Dez mortos no incêndio de pousada em Porto Alegre é uma coisa, na China é outra.

A tragédia e a dor de quem fica deve ser levada ao máximo de tempo. Como sempre digo, a função do jornal é alarmar o povo.

www.brde.com.br

Durante dias haverá suite, no jargão das redações. Depois vem o “aniversário” de um mês, um ano.

Quanto mais choro e dor, maior é a audiência nas emissoras de TV. E o povo se presta, posto que adora uma tragédia.

O amor e a janela

Certa vez, conversei com o João Amaro, irmão do falecido fundador da TAM, comandante Rolim Amaro, que era meu amigo. Estávamos indo para São Carlos, ele queria mostrar o centro de manutenção da empresa.

https://cnabrasil.org.br/senar

Durante a viagem, ele contou alguns episódios do início da TAM, incluindo um ex-parceiro de Rolim que entendeu sair da então pequena empresa de táxi-aéreo em Marília (daí a sigla, Táxi Aéreo Marília) e navegar por conta própria. Foi mal.

Casado pela segunda vez com uma mulher mais nova, assim que a grana sumiu, ela pulou fora.

– Sabe como é, gaúcho, quando a fome bate na porta, o amor pula a janela.

O João falava com os erres do interior paulista, então nada como a sabedoria cabocla.

Fernando Albrecht

Fernando Albrecht é jornalista e atua como editor da página 3 do Jornal do Comércio. Foi comentarista do Jornal Gente, da Rádio Band, editor da página 3 da Zero Hora, repórter policial, editor de economia, editor de Nacional, pauteiro, produtor do primeiro programa de agropecuária da televisão brasileira, o Campo e Lavoura, e do pioneiro no Sul de programa sobre o mercado acionário, o Pregão, na TV Gaúcha, além de incursões na área executiva e publicitário.

Deixe sua opinião

Publicidade

Publicidade

espaço livre