Search
Search

A figueira voadora

Causo puxa causo e me vem à mente o coronel Sarjob, personagem histórico da Porto Alegre da década de 1950. Ele era famoso pelas histórias que contava.

https://prefeitura.poa.br/iptu

Certa vez, narrou, numa roda do Clube do Comércio, que, na sua fazenda, deparou-se alta madrugada com um lobisomem. Puxou a Winchester 44 e já ia encher o monstro de azeitona quando ele se ajoelhou e, de mãos postas, implorou por sua vida.

– Por favor, não me mate, coronel Sarjob! Eu sou uma lobismulher e tenho seis lobisominhos para criar!

Ele também jurou que tinha um couro de lobisomem estaqueado na parede do galpão da fazenda. E, para se livrar da praga das caturritas e suas algazarras, passou cola nos galhos de uma figueira centenária. Esperou a passarada pousar. Em seguida, deu um tiro de 12 para o ar.

Dizem que, lá pelas bandas de Rio Pardo, até hoje se comenta a estranha história de uma figueira nativa sendo carregada a poucos metros do chão por um bando de caturritas.

Fernando Albrecht

Fernando Albrecht é jornalista e atua como editor da página 3 do Jornal do Comércio. Foi comentarista do Jornal Gente, da Rádio Band, editor da página 3 da Zero Hora, repórter policial, editor de economia, editor de Nacional, pauteiro, produtor do primeiro programa de agropecuária da televisão brasileira, o Campo e Lavoura, e do pioneiro no Sul de programa sobre o mercado acionário, o Pregão, na TV Gaúcha, além de incursões na área executiva e publicitário.

Deixe sua opinião

Publicidade

Publicidade

espaço livre