Search
Search

 A tampinha do comendador

 

A Pepsi-Cola tornou-se o segundo refrigerante mais consumido nos Estados Unidos, passando a Coca Diet. A ultrapassagem ocorre no momento em que consumidores estão deixando as bebidas diet por opções mais saudáveis, como chá, água ou café. Os dados são referentes às vendas de 2014 e foram publicados pela Beverage Digest.

A Coca-Cola ainda é a bebida mais vendida no país, com uma participação de mercado de 17,6%. Hoje, a Coca Diet corresponde a 8,5% do total, depois que as vendas caíram 6,6% em 2014. Já a Pepsi tem uma fatia de 8,8%.

No final dos anos 1950 dizia-se que a Coca só perdia para a Pepsi em duas cidades do mundo: Nova Iorque e Porto Alegre. Tudo por causa de um visionário, o comendador Heitor Pires. A Pepsi tinha fábrica na frente do hoje Shopping Praia de Belas, então terreno à margem do rio Guaíba. Ele instituiu um concurso genial que levou a venda da Pepsi às alturas. A torcida que recolhesse mais tampinhas de Pepsi para seu clube dava direito a um ônibus de luxo para levar o time. Tirando a cortiça da tampinha, havia diversos brindes e uma delas tinha a efígie de um Fuscão (chamado de Fuca pelos gaúchos). Um felizardo ganhou o prêmio – o Aimoré de São Leopoldo levou o ônibus.

No anedotário que cercou a promoção, contava-se que um vigário geral conseguiu fazer exatamente o desenho da única tampinha premiada, com detalhes microscópicos tais que o jurídico do comendador achou que deviam pagar para não amargar derrota na Justiça. Quase levou. Um detalhe o traiu.

A tampinha era de cerveja Brahma.

 

Fernando Albrecht

Fernando Albrecht é jornalista e atua como editor da página 3 do Jornal do Comércio. Foi comentarista do Jornal Gente, da Rádio Band, editor da página 3 da Zero Hora, repórter policial, editor de economia, editor de Nacional, pauteiro, produtor do primeiro programa de agropecuária da televisão brasileira, o Campo e Lavoura, e do pioneiro no Sul de programa sobre o mercado acionário, o Pregão, na TV Gaúcha, além de incursões na área executiva e publicitário.

Deixe sua opinião

Publicidade

Publicidade

espaço livre