Televisão 3D – Como funciona?

Há algum tempo a tecnologia 3D era bastante cara e restrita à algumas pessoas. Quando foi ao mercado era o principal diferencial e atrativo das televisões. Hoje, depois de alguns anos, o custo para adquirir o aparelho já diminui muito, mas isso não fez com que a função se tornasse prioridade entre os brasileiros, a maioria ainda prefere o acesso à internet e aplicativos.

A tecnologia 3D pode aparecer em diversos tamanhos de tela, das menores, a tão procurada 32 polegadas, até mesmo as maiores telonas – que lembram o cinema. Porém seu custo é um pouco mais elevado que nas telas normais.

Você sabe como funciona essa tecnologia? Como será possível ver em uma tela plana uma imitação da realidade, que nos oferece profundidade e a sensação que objetos estão emergindo e se aproximando? Hoje vamos matar sua curiosidade e explicar o efeito! Ele é bastante simples e se assemelha com o que acontece com nossos olhos e cérebro.

Como Funciona o 3D?

A tecnologia usadas no cinemas é a mesma usada na tela da sua casa. É um efeito que chamamos estereoscópico. São duas imagens sobrepostas, uma para o olho direito e a outra para o olho esquerdo, o que faz com que o seu cérebro processe como se fosse duas perspectivas diferentes. A televisão vem acompanhada com um par de óculos e pode ser passiva ou ativa.

Apenas lembre-se de escolher um modelo com conversor digital integrado na hora de comprar, pois o sinal analógico vai ter sua transmissão cortada. Mas caso tenha um aparelho mais antigo, é possível comprar a peça a parte.

Nos aparelhos com tecnologia 3D passiva o óculos é bastante simples, similar àqueles do cinema. Não é necessário uma tecnologia a parte, como nos modelos ativos. Ela é uma opção um pouco mais barata, já que a emissão de imagens é a mesma frequência para a emissão de imagens 2D. Ou seja não é preciso mudar muita coisa, ela continua sendo quase uma tv led normal.

Na ativa é preciso um óculos com baterias, que bloqueia a visão dos olhos de forma alternada. Enquanto o olho direito enxerga, o esquerdo está bloqueado e vice versa. O material utilizado é o cristal líquido e é preciso conectá-lo à reprodução através do Bluetooth para que funcione adequadamente.

Os televisores 3D ativos são um pouco mais superiores e mais caros. Isso porque além da conexão Bluetooth é preciso atualizar as imagens com uma frequência maior. Assim, muitas das vezes os aparelhos acompanham somente dois óculos, mas depois é possível adquirir mais pares separadamente. Porém o preço dos óculos pode ser um pouco elevado também.

O grande bloqueio da tecnologia 3D é a obrigatoriedade do uso de óculos. Já é possível reproduzir imagens em 3 dimensões sem o acessório, mas apenas em telas menores, como no caso do  Nintendo 3DS. Porém ainda há o desafio de fazer com que as pessoas nos mais diversos ângulos consigam acompanhar a imagem com qualidade. Pois nos estudos realizados, pessoas fora do ponto ideal podem enxergar as imagens distorcidas.

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *